Gestor de Recursos Humanos em Moçambique, João Teixeira explica como foi viver quatro meses sem sair de casa e acompanhar mudanças à sua volta. Entrevistas profissionais sem contactos pessoais e muitas vezes sem ver a cara do candidato. Como os recursos humanos não são números o processo de recrutamento passou a ser mais complicado e moroso. Viu o Governo a tentar mudar os hábitos da população, a reorganizar serviços, mas com pouco sucesso. Apesar disso este português explica que ficou muito surpreendido com o respeito das pessoas pelo uso da máscara e pela imposição da medição da temperatura corporal em todos os locais públicos e em alguns espaços as crianças não entram. Apesar dos resultados dos testes à doença COVID-19, em alguns casos, demorarem 10 dias, João Teixeira diz que não vem a Portugal porque esta seguro onde está e não quer em perigo a sua família com viagens, nesta altura, desnecessárias.

Share | Download(Loading)
Podbean App

Play this podcast on Podbean App